O que é e como montar um plano de negócios

Entenda o que é um plano de negócios e porque ele é fundamental para minimizar riscos e garantir a saúde do negócio

BizDream Team · 26 de February de 2020

Muitos empresários têm ótimas ideias e criam suas empresas para conseguir vender um produto ou serviço. Ou ainda, pretendem resolver um grande problema da sociedade, com grandes planos para seus negócios.

Contudo, acabam tendo problemas de gestão ou até mesmo de execução dos seus grandes planos e sonhos.

Por isso, vamos abordar o conceito de plano de negócios e também tudo o que você precisa saber para montar o seu. Dessa forma este não será mais um problema para você, e sua empresa será mais saudável também.

O que é um plano de negócios

Segundo o Sebrae, um plano de negócios se trata de um documento que aborda os objetivos de um negócio. E mais importante ainda, é um registro de quais passos devem ser dados para que os objetivos sejam alcançados. Dessa forma, incertezas e riscos são minimizados e a saúde do negócio é garantida.

São diversos fatores que contribuem para a importância deste documento para um negócio, e citamos os principais abaixo:

1 - É possível organizar as ideias para que cada etapa aconteça no seu tempo certo;

2 - Ao expandir o negócio, as necessidades de infraestrutura e recursos humanos ficam mais claras;

3 - A comunicação entre funcionários, clientes e os sócios é facilitada, e com isso toda a gestão do negócio acontece de forma mais ágil.

Pontos importantes sobre o seu plano de negócios

Antes de criar de fato o seu plano de negócios, é interessante que você saiba alguns pontos:

- Pesquisa

Se você ainda não sabe, deve pesquisar todas as informações sobre o seu nicho de mercado. Além disso, mapear a jornada de compra do seu cliente é muito importante para que você possa trabalhar os canais digitais do seu novo empreendimento.

- Acompanhamento

Um plano de negócios não se trata de um documento rígido. Muito pelo contrário, com as mudanças constantes decorrentes do mundo moderno e conectado, o seu planejamento pode (e provavelmente irá) mudar drasticamente ao longo do tempo.

Seja trimestral, semestral ou até mesmo anual, o importante é que a revisão do plano de negócios aconteça e que esta seja uma ferramenta viva.

- Expansão do negócio

Além de registrar e identificar as ideias para o presente, um plano de negócios atua para desenhar possíveis expansões do negócio para o futuro. Seja criar uma loja online para potencializar os resultados, ou até mesmo uma nova filial em outra cidade que tenha um bom potencial na sua área.

Passo a passo para criar um plano de negócios

Sumário executivo

As primeiras informações que devem constar em um plano de negócio estão no sumário executivo. Contudo, este é um resumo e deve ser a última coisa que você irá fazer.

No sumário executivo é preciso que você adicione informações sobre:

  • Descrição da sua empresa e qual é o seu diferencial no mercado;
  • Missão do seu negócio;
  • Criar um perfil de funcionários para que os colaboradores sejam sempre alinhados com os objetivos da empresa;
  • Quais são os produtos, serviços e os principais benefícios;
  • Quem é o cliente ideal para você;
  • Onde a empresa está localizada, se for um negócio físico;
  • Qual o investimento necessário para começar;
  • Qual a forma jurídica:
    • Microempreendedor Individual – MEI;
    • Empresa?rio Individual;
    • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – EIRELI;
    • Sociedade Limitada
  • Enquadramento tributário (o pagamento dos impostos é obrigatório!).

Mesmo que pareça ser muita informação, o sumário executivo é claro e breve, porém informativo e interessante. É um desafio, mas que ao finalizado contempla todas as informações essenciais sobre a sua empresa.

Análise de Mercado

Sendo de fato a primeira etapa da construção do plano de negócios, a análise de mercado permite que você entenda quem realmente é o seu futuro cliente.

Para que seja realmente útil, análise de mercado deve incluir:

- Segmentação de clientes e criação da sua persona

Para isso, responda às perguntas:

  • O cliente é uma pessoa física ou uma outra empresa?
  • Quais são as características do cliente (faixa etária, gênero, escolaridade e estado civil)?
  • Onde os clientes costumam realizar suas compras?
  • Por que compram?
  • Entre outras.

- Análise da concorrência

Para entender a sua concorrência, pergunte-se o seguinte:

  • O produto/serviço da concorrência é de qualidade?
  • Qual é o preço?
  • O atendimento é realizado online e presencialmente?
  • Qual o horário de atendimento?
  • Entre outras.

Para uma análise ainda melhor, considere cenários de reação dos concorrentes ao identificar que você entrou para o mesmo nicho de mercado. Considere os pontos fortes e fracos da concorrência para conseguir se destacar.

- Análise de fornecedores

Por fim, analise e contrate bons fornecedores. Independente do tipo de matéria prima ou itens que você precise, é possível encontrar bons fornecedores.

E o impacto destes é bastante grande no produto final ou serviço que você oferecer. Considere nessa análise os prazos de entrega, preço e qualidade dos produtos oferecidos.

Plano de Marketing

No plano de marketing, você deve descrever cada produto ou serviço oferecido, e ainda identificar de que forma estes serão vendidos.

Para isso, é preciso entender quais são as etapas que este cliente percorre até fazer a compra final. Se o caminho for ter uma atuação forte nas redes sociais, é isso que você deve fazer. Se além disso, for preciso investir em publicidade offline, você deve realizá-la.

Plano operacional

Este plano serve para que você identifique o tempo que vai demorar para realizar uma venda, quantos colaboradores são necessários para viabilizar a operação, quais são os equipamentos necessários, etc.

Para conseguir visualizar melhor a organização de uma loja física, por exemplo, é interessante incluir a planta baixa da peça comercial. E assim, desenhar a organização do espaço.

Plano Financeiro

O plano financeiro é o que encerra o seu plano de negócios. Aqui, é preciso colocar tudo relacionado a dinheiro no papel. Não deixe nada de fora, e prepare-se, pois é possível que você se surpreenda com gastos fixos e variáveis que não haviam sido considerados antes.

Tenha atenção nesta etapa, pois não fazer um plano financeiro correto é o motivo que leva muitas empresas a fechar.

Como saber que a minha ideia pode se tornar um grande negócio?

Para finalizar este conteúdo sobre plano de negócios, gostaríamos de esclarecer algo muito importante. Depois de realizar todo o plano, você precisará avaliar se a sua ideia é realmente algo que pode ser rentável.

Nesse momento, é preciso ser bastante sincero, e avaliar todos os dados levantados com coerência.

O seu plano de negócios é a ferramenta ideal para isso, e você facilmente conseguirá responder a pergunta “minha ideia pode virar um negócio?”.

De qualquer forma, os riscos existem, e para ter sucesso é importante ser criativo e inovador sempre.

BizDream Team

BizDream Team

O BizDream Team é composto por profissionais com grande experiência em intermediação de empresas e por profissionais da Tecnologia da Informação, a combinação perfeita para entregar uma plataforma que atenda as necessidades dos nossos usuários.

Image credit: Designed by pressfoto / Freepik
Logo

A BizDream é uma plataforma que conecta pessoas que desejam comprar ou vender empresas e negócios, ou que estejam à procura de sócios / investidores, oferecendo ferramentas para facilitar o anúncio, a pesquisa e a comunicação entre as partes envolvidas.

Nossos contatos

Campinas, SP
Brasil

WhatsApp
(+55) 19 98339-8900